Precisamos nos encontrar, por Célio Turino

diálogos essenciais

Belo texto. Sem dúvida, precisamos nos encontrar. Infelizmente, o texto é utópico. Nada contra a utopia. Mas não dá para nos dispersarmos e partirmos para o “desbunde”. Porque se distrairmos, aí sim, seremos moídos, estraçalhados e comidos. Um pé no sonho e o outro pé no chão, pois os inimigos são ardilosos, matreiros.

Paulo Martins

Publicado originalmente em outraspalavras.net.

Nada justifica seguirmos moídos. Por uma convergência cidadã, com coerência programática e princípios sólidos; horizontalidade, autonomia e protagonismo social

Por Célio Turino | Imagem: Laurie Pace

Vamos nos Encontrar? Brasileiros e brasileiras; de todas as cores e identidades, gêneros e transgêneros. Um encontro do povo: índios, negras, brancos, amarelas, pardos, mamelucas, cafuzos, mestiças; do povo que trabalha, estuda, brinca, produz, sonha, vive e ama. Vamos nos encontrar? E que seja antes que outros se encontrem por nós.

Mais uma vez, nosso país vive um ambiente de insatisfação letárgica. Acordamos em protestos…

Ver o post original 852 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s