Pátria dos dedos-duros em sala de aula

Eu procuro evitar compartilhar textos e vídeos de políticos com mandato. Algumas vezes abro exceção quando justificável. É o caso neste momento. Enquanto estamos aqui fora discutindo formas de recuperar o valor do nosso voto expropriado em golpe midiático-parlamentar, os Srs. deputados e senadores estão lá passando as leis do retrocesso e da escuridão.

Neste vídeo, Glauber Braga, faz um alerta sobre o andamento dos projetos destinados a amordaçar professores e criminalizá-los.

O que é mais interessante é que proliferam os colégios religiosos de todas as denominações e as mesmas pessoas que apoiam o fundamentalismo religioso, medieval, nas nossas escolas, querem criminalizar os professores pelo conteúdo de suas aulas e por suas palavras. Querem caçar a liberdade de cátedra.

Será que eles vão colocar um policial na porta de cada sala de aula ou vão transformar cada aluno em dedo-duro? No país dos delatores premiados, não me surpreenderia se este projeto for aprovado e se cada aluno ou pai se transformar em delator de professores.

Somente  na ditadura de 64 vimos violência tão explícita contra a educação e os educadores.

Assista o vídeo abaixo.

Paulo Martins

“Amigas e amigos, a ofensiva contra a educação está tomando proporções preocupantes. Está sendo criada uma comissão para discutir, entre outros, o projeto 867 de 2015 do deputado Izalci do PSDB/DF. Eles chamam de escola sem partido mas é de fato uma proposta que tem como objetivo amordaçar professores. Calar aqueles que têm como objetivo consolidar uma educação crítica e transformadora. Divido com vocês vídeo em que discuto a questão em audiência na câmara hoje…”

Glauber Braga – deputado do PSOL

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s