Dia dos professores: um bom dia de dúvida para todos

Compartilhando …

Por Flávio Antônio da Cruz

ESCREVO:

Immanuel Kant convocava: Sapere aude! Ousai saber. Desafiai a tradição. Não sejais servis à autoridade. Antes dele, já dizia Descartes: desconfiai! Desconfiai até dos professores. Sobretudo desconfiai de quem ensina… Desconfiai dos mantras, das fórmulas prontas, dos receiturários, dos catecismos. Desconfiai até de vós. Desconfiai do que parece perene, do que sempre funcionou, do que parece correto e intocado. Desconfiai dos punitivismos e moralismos. Desconfiai de quem vende receitas para o sucesso, desconfiai de quem quer seguidores, desconfiai de quem se apresenta como líder. Desconfiai de quem se apresenta como paladino, como cruzado moral, como defensor da nação. Desconfiai. Desconfiai da escola, porquanto escola pode ser interdição, ao invés da prometida emancipação. O bom professor – a boa professora – é aquele(a) que almeja alunos autônomos. O bom professor – a boa professora – é sobretudo aquele que fica feliz ao perceber que os alunos o superaram. O bom professor é aquele que percebe que o conhecimento não é uma mercadoria, não é uma coisa, não é alguma substância imaterial. O bom professor sabe bem que conhecimento não se transmite, porquanto não há canais hidráulicos entre mentes… O conhecimento é uma irritação, pela qual alguém provoca e instiga a paixão no outro: a paixão por descortinar o mundo e descortinar a si mesmo, desvelando-se em toda a potencialidade dessa nossa singular condição humana. O conhecimento é um caminho, uma prática, uma atitude… Ele não é compatível com simionismos. Conhecimento não pode ser comprado. Ele deve ser construído, com esforço próprio, intransferível… Não se aprende por osmose, ainda que possamos aprender e muito com as experiências de todos os humanos que nos antecederam. Não precisamos mais experimentar todas as plantas, para saber quais são venenosas, desde que saibamos ouvir e questionar… Feliz dia a todos os professores e professoras: a todos quanto contribuem para um mundo menos cinza, menos quadriculado. Um feliz dia para todos quanto percebem que o conhecimento deve ser meio, e não fim: um meio de libertação e não uma dissimulada arma de catalogação e rotulação, como se o que interessasse fosse um curriculum lattes repleto de futilidades e diplomas na parede, ao invés da contribuição para o desenvolvimento pessoal. Feliz dia a todos quanto se doam na arte de ensinar, dado que a melhor forma de aprender – talvez a única que interesse -, é tentar compartilhar com os demais aquilo que se julga saber. O bom professor desconfia dos próprios conhecimentos, dado que o conhecimento é a arte da dúvida. Um bom dia de dúvida para todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s