Repúdio ao fascismo #3 – 30/09/2018

A forma mais verdadeira de desmascarar o fascista é mostrar que sua agenda econômica aumenta impostos pros pobres e diminui pros ricos.

Sua proposta é entregar as riquezas do país ao capital financeiro internacional e escravizar a população brasileira num subemprego terceirizado, sob a égide da reforma trabalhista e da previdência.

O fascista quer perseguir sindicatos, partidos e organizações que representam os trabalhadores para colocar a população trabalhando sob chicote. Militarizar a escola e reduzir o ensino superior visa formar apenas obedientes apertadores de parafusos.

Mão de obra barata e ignorante, que seja alienada da política como era na ditadura, quando o povão trabalhava feito boi de carga, ganhava pouco, passava fome e tinha a renda comida pela inflação, enquanto quem denunciava tudo isto era preso, torturado e morto.

Este é o modelo de país que o fascista quer para o Brasil: colônia de exploração escravista com povo ignorante e repressão.

Mas os ventos das Diretas Já de 1984 e das eleições de 1988 vieram pra ficar.
O Brasil derrotará o fascismo para que nunca volte a acontecer.

#EleNão, #EleNunca, #BrasilContraOFascismo!
Por Thomas de Toledo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s