O QUE CORROMPE, Bertolt Brecht

Nos primeiros meses do domínio nacional-socialista

Um trabalhador de uma pequena localidade na fronteira tcheca

Foi condenado à prisão por distribuir panfletos comunistas.

Como um dos seus cinco filhos havia já morrido de fome

Não agradava ao juiz enviá-lo para a cadeia por muito tempo.

Perguntou-lhe então se ele não estava talvez

Apenas corrompido pela propaganda comunista.

Não sei o que o senhor quer dizer, disse ele, mas meu filho

Foi corrompido pela fome.

Bertolt Brecht

Poemas 1913-1956

Seleção e tradução de Paulo César de Souza

editora 34

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s