O Mocorongo golpista

Por Vinicius Carvalho

Eu sempre detestei good vibes.

Quando chega com esse papo de energia pra cá, boas vibrações pra lá, cheio de afetação e lição de moral, eu já tenho certeza: é filho da puta!

E aquele vazamento do WhatsApp de alguns empresários emergentes e “nouveau riche” tentando fomentar um golpe de estado no Brasil, divulgado pelo Portal Metrópoles aumentou essa razão.

O mais escroto de todos no grupo é disparado proprietário da Mormaii.

Na sua vida de mentira, ele se vende como o empreendedor amante da natureza, do equilíbrio, da liberdade, do Yin Yang, da bondade e do Namastê, como demonstra o jornal Diário Catarinense:

“Hippie de alma e adepto do taoísmo, o surfista gaúcho empresta seu desejado lifestyle à empresa (…)”

“(…) Yin-yang e outras vibrações. As forças opostas e ao mesmo tempo complementares servem de manual para a Mormaii estabelecer uma relação de amor e dedicação com os colaboradores.

(…) Se você fizer uma análise, vai ver que nosso mundo tem um desvio yang, masculino. Esse desequilíbrio é agressivo, competitivo e expansivo. Nosso mundo não está assim? É uma característica machista. Em contraponto, há um mundo yin, que é cooperativo, pacifista e conservador, no sentido de conservacionista. Depois de muita guerra, muita pancadaria, lá pelos anos 1960 surgiu um movimento muito doido, do qual eu fiz parte, que são os hippies, que é o yin, paz e amor. É uma resposta ao mundo yang, uma alternativa.”

Tudo muito bonito. Mas de acordo com as mensagens vazadas pelo Metrópoles ontem: “Morongo é um dos empresários com visões mais extremistas no grupo e defende que o Brasil está em guerra contra os adversários de Bolsonaro. (…) No dia 17 de maio, Morongo, da Mormaii, propôs ações extremas para defender Bolsonaro, citando casos como a Revolução Francesa e a Guerra Civil dos EUA.”

Com a palavra, Mocorongo:

“Se for vencedor o lado que defendemos, o sangue das vítimas se tornam [sic] sangue de heróis! A espécie humana SEMPRE foi muito violenta. Os ‘bonzinhos’ sempre foram dominados… É uma utopia pensar que sempre as coisas se resolvem ‘na boa’.

“Golpe foi soltar o presidiário!!!

Golpe é o ‘supremo’ agir fora da constituição!

Golpe é a velha mídia só falar merda!!

(…) O 7 de setembro está sendo programado para unir o povo e o Exército e ao mesmo tempo deixar claro de que lado o Exército está. Estratégia top e o palco será o Rio. A cidade ícone brasileira no exterior. Vai deixar muito claro”

Ahhhh a liberdade, a paz e toda essa coisa toda de vibe. Que delícia! Vamos todos nos dar as mãos, comer mamão e ouvir Jack Johnson!

Porém confesso que o que mais me irritou em todas essas suas mensagens foi o uso da palavra “top”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s