Contração fiscal em 2011; austericídio em 2015?

diálogos essenciais

Pedro Rossi, professor do Instituto de Economia da UNICAMP, publicou um artigo na Folha de São Paulo, republicado na plataformapolíticasocial.com de 01/12/2014. Trata-se de contraponto necessário à avalanche de opiniões favoráveis ao receituário neoliberal.

Hoje, 22/10/2015, passados mais de 10 meses da publicação do artigo preminitório, acho que vale a pena consultá-lo novamente.

Paulo Martins

Pedro Rossi* | Publicado originalmente na Folha de São Paulo

Em sua mais recente coluna na Folha, Samuel Pessôa discute a contração fiscal de 2011 e seu impacto no crescimento do primeiro mandato do governo Dilma. A motivação para tal discussão veio de artigo no “Valor Econômico” de minha autoria no qual defendo um regime de bandas fiscais como forma de contornar o caráter pró-cíclico da política fiscal brasileira.

Pessôa parece concordar com o argumento principal, ao reconhecer a interação entre a política fiscal o ciclo econômico: “Se a política econômica tentar neutralizar a piora…

Ver o post original 508 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s