Vamos lutar sempre

“O Brasil encarou de uma vez por todas que não é um país. É completamente dividido. Nunca foi um país.

Nós nem sequer conseguimos constituir uma narrativa unificada sobre a ditadura militar, uma linha vermelha dizendo que ‘daqui’ não passará.

Jair Bolsonaro é um resultado disso. Campeão de votos entre os mais ricos, acima de cinco salários mínimos. Ou seja, quem salva o Brasil são as pessoas mais pobres. Se dependesse das pessoas acima de 5 salários mínimos, a gente já teria sido transformado num aberração.

A mídia brasileira funcionou como um partido. Alimentaram manifestações, que não teriam o tamanho que tiveram sem isso.

Foi um dos momentos mais baixos da história da República. A divulgação de grampos no Jornal Nacional, com uma hora, 40 minutos de jogral. Uma coisa aterradora.

Existe um princípio básico na democracia que diz que um cidadão, e pode ser o ex-presidente, tem o direito de se defender do Estado. Isso foi completamente anulado. Até seu próprio advogado havia sido grampeado.

Para boa parte da população que vai ficar satisfeita com o simples impeachment da Dilma, vai voltar pra casa, silenciosamente criando um assentimento mudo, o que posso dizer é: nós não vivemos no mesmo país, nós apenas ocupamos o mesmo espaço — por infelicidade.

Estamos em campos completamente opostos, temos antagonismos insuperáveis. Vamos brigar até o fim. Nós vamos nos encontrar em campos opostos.

Em certos momentos é preciso deixar isso claro. Existem divisões. Não há nada que nos una. Nós não queremos a mesma coisa. No que me diz respeito, nós vamos brigar até o fim.

Precisaremos apenas jogar para algum tipo de espaço político os nossos antagonismos. Só.”

(Vladimir Safatle)

Publicado em Diário do Centro do Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s