Facismo: A “besta” comerá os seus filhotes

Lamento, sinceramente, registrar que neste país facista em gestação, no qual prevalecem a mercantilização da fé ingênua, o coronelismo de mídia, o parlamentarismo de extorsão, o capitalismo de pirataria e a justiça de exceção,

sobreviver será considerado crime de responsabilidade.

Ser feliz será considerado crime hediondo.

Lembro-me quando, no ano passado, por ocasião da votação para inclusão do crime de feminicídio como crime hediondo, muitas pessoas, de ambos sexos, fizeram comentários contrários absurdos nas redes sociais.

Narrativas na TV de estupro de mulheres são aplaudidas pelo auditório, inclusive por mulheres.

O acesso das minorias a seus legítimos direitos e garantias previstos na Constituição Federal são combatidos por grupos religiosos fundamentalistas ou por grupos que disseminam o ódio.

O ministro da Educação interino recebe em seu gabinete um estuprador confesso e um representante de um grupo que trabalha pelo retrocesso e eliminação da democracia.

Se a natureza humana falir, todos perderão. Os mais fracos perderão primeiro. Depois, até os poderosos perderão. Não há facismo sem sequelas.

No facismo a besta, depois de destruir os seus inimigos, come os seus próprios filhotes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s