Faz Escuro, Mas Eu Grito …

Tendo vivido toda a adolescência e início da vida adulta sob ditadura e tendo acompanhado com atenção cada uma das garantias e proteções contra o arbítrio que o legislador constituinte, com mandato popular, insculpiu na Constituição de 1988, assisto com pesar e indignação este novo tempo de arbítrio e escuridão.

Assim, compartilho diversos posts de pessoas igualmente preocupadas com o caos institucional e atropelamento das conquistas democráticas em curso no país.

Os posts compartilhados explicam, ou melhor, desenham, os motivos de nossas preocupações.

Espero que leiam com atenção e reflitam. Precisamos sair da letargia e perplexidade que nos paralisa.

Paulo Martins

dialogosessenciais.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s