A “fada da confiança” não vai resolver a crise, por Pedro Paulo Zahluth Bastos

Meu artigo na Carta Capital sobre o fracasso das previsões neoliberais sobre o sucesso da austeridade para produzir ajuste fiscal e recuperar o crescimento, ou seja, em realizar a mágica da fada da confiança. Tem bons dados para mostrar que a confiança depende da realidade, e não o contrário, e que a austeridade deprime a realidade e, depois, a confiança, à medida que empresários caem na real a respeito da falácia da teoria que justifica o corte de salários, direitos sociais e trabalhistas. Eles não percebem rapidamente que o corte de gastos e custos na empresa, assim como o corte do gasto público, reduz a demanda agregada e portanto as receitas das empresas, incapacitando-as de pagar suas dívidas e levando-as a vender ativos ou pedir falência. A teoria neoclássica que os empresários amam (porque justifica o corte de salários e evita a mudança na estrutura tributária regressiva) não permite que entendam os efeitos complexos, de segunda ou terceira ordem, das decisões microeconômicas: o individualismo metodológico não funciona porque a economia não é uma casa. O mesmo vale para os economistas do FMI que não leram Keynes e nem mesmo as autocríticas do FMI a respeito do fracasso da “austeridade expansionista”, aliás fracasso reconhecido por um fundador da teoria, Roberto Perotti (http://econpapers.repec.org/bookchap/mtpchapts/0262027348-16.htm). Foi publicado há algumas semanas, e soube agora estar disponível no site. Pode ser lido junto com dois artigos mais teóricos, mas acessíveis, publicados por mim e Luiz Gonzaga Belluzzo na Folha ano passado:
1) Crises econômicas evidenciam reducionismo de modelos teóricos: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2016/03/1751590-crises-economicas-evidenciam-reducionismo-de-modelos-teoricos.shtml;
2) Uma crítica aos pressupostos do ajuste econômico: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2016/10/1820798-uma-critica-aos-pressupostos-do-ajuste-economico.shtml

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s