Aluna denuncia professor. Bozo apoia dedos-duro. Voltou a governar …

29.04.2019 Terror Ano I

Compartilho a seguir comentário falso, mas verdadeiro, publicado por leitor na seção de comentários do jornal O Globo. A matéria trata do elogio de Bolsonaro à dirigente do PSL que denunciou professor por “doutrinação” de alunos. O comentário tenta debochar dos outros comentaristas. Vamos ver quais serão as reações. Depois informo.

Paulo Martins

“Fake News. A “aluna” é dirigente do Partido Social Liberal – PSL. Esse partido deve ser comunista, pois tem SOCIAL, de socialista, no nome. Os nossos professores devem ensinar que a Terra é plana sim e que é o Sol que gira em torno da Terra e não ao contrário. Deus criou o Céu e a Terra para que todos obedeçam seus pastores e paguem o dízimo, mesmo se estiver passando fome. A fome, a miséria e o desemprego é uma vontade de Deus, não tem nada que ficar criticando nenhum político por isso. Nem os políticos novos, nem os políticos antigos, como o presidente Bolsonaro. Se ele não fez nada ainda é culpa dos professores que ficam aí criticando a reforma da previdência que será muito, muito boa, principalmente para os mais pobres. Será abençoada para os evangélicos seguidores de Mala Faia e Feliciano. Para os católicos que seguem Olavo de Carvalho a reforma da Previdência será melhor ainda.

Tem que dar arma para os professores defenderem seus alunos dos ataques desses malucos que invadem escola. Só não sei como escolher quais professores vão receber as armas. Professor doutrinador pode receber arma? E se ele se disfarçar de apoiador do governo? Professores não podem doutrinar nossas crianças, não. Nem nossas crianças maiores de idade que estão na universidade.

Menos educação, mais Bíblia. A educação moderna desvia nossos filhos do caminho reto, do caminho de Deus. Doutrinação a favor de Deus e do governo pode. Aí não é doutrinação. Aí é educar como nós, os pais, estaríamos educando se tivéssemos tempo.

A escola deveria ensinar as coisas práticas da vida, em vez de ficar colocando minhocas nas cabeças das crianças nas aulas de história, sociologia, filosofia … a escola deveria ensinar coisas práticas para nossos jovens tais como: atirar, lavar banheiro sujo sem reclamar, esfregar o chão até ficar brilhando, aplicar agrotóxico nas lavouras das grandes fazendas usando máscara de pano, usar britadeira com capacete e fone de ouvido.

Os professores deveriam ensinar sempre aos nossos alunos a serem obedientes, respeitando seu patrão, agradecendo pelo emprego e sem reclamar da falta de carteira assinada e do atraso no salário.

Se o patrão não pagou ainda e se não assinou a carteira é porque é muito difícil ser patrão no Brasil. É muito mais melhor ser empregado e ter o dinheiro certo no fim do mês, mesmo com atraso. Melhor pingar do que faltar, não é mesmo?
Numa ditadura ninguém pode falar mal dos governantes. Então, porque esses professores, em vez de ensinar, ficam falando mal do presidente? Não pode. Tem que demitir todos que ousam ser contra. Se preciso, tem que prender e torturar os professores que são mais radicais, para servirem de exemplo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s